A arte de traduzir: traduções e o debate sobre gramática, línguas clássicas, vernáculos europeus, puritas, escritura e costume letrado no Portugal dos séculos XVI a XVIII (The art of translating: translations …)

Marcello Moreira, Milena Pereira Silva

Resumo


RESUMO

Este estudo propõe como seu problema o entendimento de duas práticas de tradução concorrentes no Império Português entre os séculos XVI e XVIII: a que defendia ser a boa tradução a que se atinha ao estabelecimento de equivalências lexicais exatas entre o original e o texto traduzido – cabendo, é claro, especificar os limites que as diferenças entre as línguas de partida e de chegada impõem ao próprio ato de traduzir, para além do que cada tradutor compreende ele próprio por e define como tradução mot à mot -, e aquela outra, que fixava como sua tarefa a determinação de equipolências entre unidades frásicas ou oracionais. Como se tentará demonstrar ao longo deste estudo, as diferentes práticas de tradução implicam compreensões muito distintas do valor diferencial das línguas de partida e de chegada, considerando-se que os textos de partida estão compostos, no corpus por nós constituído, em grego e latim; no valor diferencial das línguas de partida e de chegada, por seu turno, está implicada outra questão: a da querela gramatical sobre a superioridade das línguas clássicas frente às línguas modernas. É a esse conjunto específico de problemas que procuraremos dar uma resposta. 

PALAVRAS-CHAVE: Tradução. Gramáticas vernaculares. Puritas. Costume letrado;. Escritura.

ABSTRACT

This study aims at understanding two opposite translation practices in the Portuguese Empire among the 16thand the 18thcenturies: one supported that the good translation should focus on setting exact lexical equivalences between the original and the translated text – obviously it’s necessary to set the limits that the differences between the source and the target languages impose to the translation act itself, and consider what each translator understands by translation word by word -, and the other which established as its task the determination of equipoises between frasical or oracional unities. As we will try to demonstrate over this study, the diverse translation practices implicate very distinct comprehension of the differential value of the source and target languages, considering that in our corpus the source texts where written in Greek and Latin. In the differential value of the source and target languages it is implied another question: that on the grammatical quarrel about the superiority of the classical languages over the modern ones. Here, we will try to solve this specific set of problems.

KEYWORDS: Translation. Vernacular Grammars. Puritas. Literate Consuetudo. Writing.

 

 


Palavras-chave


Tradução. Gramáticas vernaculares. Puritas. Costume letrado. Escritura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22481/el.v15i2.3550

Direitos autorais 2018 Estudos da Língua(gem)

© Copyright 2005- Estudos da Língua(gem) - Todos os Direitos Reservados

Latindex   Sumários    Home