Geologia da linguística e definição de máquina abstrata por Deleuze e Guattari (Geology of Linguistics and the meaning of abstract machine by Deleuze and Guattari)

Tatiana Marins Roque

Resumo


RESUMO

O artigo explica o uso que Deleuze e Guattari fazem da linguística de Hjelmslev, em particular de sua noção de matéria. O objetivo é entender como esses autores ultrapassam a separação entre os planos de conteúdo e expressão propondo a noção de máquina abstrata, que mostra como a pressuposição recíproca dos planos explica a produção de sentido em um novo regime de signos.

PALAVRAS-CHAVE: Hjelmslev. Deleuze e Guattari. Plano de conteúdo e plano de expressão. Regimes de signos. Máquina abstrata.

ABSTRACT

The article explains the approach by Deleuze and Guattari on Hjelmslev’s Linguistics, in particular his notion of matter. The aim is to understand how the authors go beyond the separation between the content and expression planes by proposing the notion of abstract machine, which demonstrates how the reciprocal presupposition of plains explains the production of meaning in a new regime of signs.

KEYWORDS: Hjelmslev. Deleuze and Guattari. Content plane and expression plane. Regime of signs. Abstract machine.

 


Palavras-chave


Hjelmslev. Deleuze e Guattari. Plano de conteúdo e plano de expressão. Regimes de signos. Máquina abstrata.

Texto completo:

PDF


© Copyright 2005- Estudos da Língua(gem) - Todos os Direitos Reservados

Departamento de Estudos Linguísticos e Literários
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Estrada do Bem Querer, Km 04, - Caixa Postal 95
45083-900 - Vitória da Conquista - Bahia