A problemática da oralidade (The issue of orality)

Daiane Neumann

Resumo


RESUMO

O objetivo deste artigo é discutir acerca do conceito de oralidade, proposto pela poética de Henri Meschonnic. Para fazê-lo, parte-se do questionamento da visão dicotômica da relação entre oralidade e escrita, presentes em Zumthor (1997), Marcuschi (2001) e Meschonnic (1985) e (1989/2006). Em um segundo momento, discute-se acerca da transformação dessa dicotomia na tripartição escrito, falado e oral, presente na reflexão de Meschonnic (1982), (1985), (1989/2006) e (1982/2009). Essa tripartição postula que o oral está tanto no escrito quanto no falado, o que provoca uma alteração na concepção de oralidade e a transforma em uma noção também literária.

PALAVRAS-CHAVE:Oralidade. Escrita. Poética.

ABSTRACT

This paper intends to discuss the orality notion, presented in Henri Meschonnic's poetics. Firstly, the dichotomous view between orality and writing is questioned, considering the reflections in Zumthor (1997), Marcuschi (2001) and Meschonnic (1985) and (1989/2006). Secondly, this work debates the transformation of the dichotomy between orality and writing into the tripartite writing, spoken and orality, from Meschonnic (1982), (1985), (1989/2006) and (1982/2009). Finally, the fact that the tripartite postulates that the orality is present in writing as well as in spoken language is discussed, since alters the notion of orality, by transforming it into a litterary notion, too.  

KEYWORDS: Orality. Writing; Poetics.


Palavras-chave


Oralidade. Escrita. Poética

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22481/el.v15i2.%203541

Direitos autorais 2018 Estudos da Língua(gem)

© Copyright 2005- Estudos da Língua(gem) - Todos os Direitos Reservados

Latindex   Sumários    Home