Para além de rituais e costumes: o que podemos dizer sobre a noção de cultura em análise do discurso? (Beyond rituals and customs: what can we say about the notion of culture in discourse analysis?)

Thaís Valim Ramos, Maria Cristina Leandro Ferreira

Resumo


RESUMO

Este artigo está centrado na relação entre as noções de ideologia, inconsciente e cultura. Objetiva-se dar um passo em direção à relação entre essas noções a fim de perceber as marcas que remetem à porosidade e à opacidade das práticas e rituais que fazem parte da cultura e que estão presentes no processo de interpelação do sujeito, produzindo ilusões que colocam o sujeito no centro e origem do que diz. Nesta direção, interessa-nos pensar sobre a possível interpelação do sujeito pela cultura, a qual relacionada à ideologia funciona naturalizando sentidos, criando efeitos de evidência e verdade.

PALAVRAS-CHAVE: Cultura. Ideologia. Inconsciente. Sentido. Interpelação.

ABSTRACT

This paper aims attention at the relationship among the notions of ideology, unconscious and culture. It is intended to take a step towards the correlation among these notions in order to realize the marks that refer to the porosity and opacity of the practices and rituals that are part of a culture and that are also present in the process of the interpellation of the subject, producing illusions that place the subject in the center and as the origin of what they say. In this sense, we are interested in thinking over the possible interpellation of the subject by the culture, which related to ideology works naturalizing senses, creating effects of evidence and truth. 

KEYWORDS: Culture. Ideology. Unconscious. Sense. Interpellation.

 

Palavras-chave


Cultura. Ideologia. Inconsciente. Sentido. Interpelação.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2016 Estudos da Língua(gem)

© Copyright 2005- Estudos da Língua(gem) - Todos os Direitos Reservados

Latindex   Sumários    Home