Texto/discurso no/pelo corpo como espaço de resistência, de protesto e de reivindicação (Text/discourse in/by the body as resistance, protest and claim space)

Maria Cleci Venturini

Resumo


RESUMO

Nos movimentos de rua de 2013, o corpo é um objeto mais que discursivo: ele funciona pelo simbólico e constitui o corpo-memória de movimentos em (dis)curso. Objetivamos mostrar como o corpo constitui discurso e instaura efeitos de sentidos pelo que retorna como memória e significa pela língua na história e por práticas sócio-históricas em que os sujeitos em suas filiações são o centro, o fio que tece discursividades. A rua constitui-se em espaço de disputa de sentidos e a mídia dá visibilidade a manifestantes e diferencia-os daqueles que protestam e mostram no/pelo corpo a resistência e o desejo de confronto.

PALAVRAS-CHAVE: Discurso. Memória. Corpo-memória. Sentidos. Língua.

ABSTRACT

In street movements and 2013, the body is more than a discursive object: it works by symbolic and constitutes the body-memory of movements in course and discourse. We intends to show how the body constitutes discourses and installs sense effects by what returns as memory and makes sense by the langue in the history and by socio-historical practices, in which the subjects, in their filiation, are the center, the guideline of discursiveness. Street constitutes spaces of senses dispute and the media gives visibility to protesters and differentiates them from those who protest and show in/by the body the resistance and of the confrontation desire.

KEYWORDS: Discourse. Memory. Body-memory. Senses. Langue.


Palavras-chave


Discurso. Memória. Corpo-memória. Sentidos. Língua.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2016 Estudos da Língua(gem)

© Copyright 2005- Estudos da Língua(gem) - Todos os Direitos Reservados

Departamento de Estudos Linguísticos e Literários
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Estrada do Bem Querer, Km 04, - Caixa Postal 95
45083-900 - Vitória da Conquista - Bahia