Mais Fundamentos para a Hipótese de Proximidade Genética do Araweté com Línguas do sub-ramo V da Família Tupí-Guaraní (Further Foundations for the Hypothesis of Genetic Proximity of the Araweté Language to the Languages of sub-set V of the Tupí

Ana Suelly Arruda Câmara Cabral, Eliete de Jesus Bararuá Solano

Resumo



RESUMO

Neste artigo, desenvolve-se, com ênfase em aspectos morfossintáticos, uma análise contrastiva de dados lingüísticos do Araweté e de línguas representativas de quatro subconjuntos orientais da família lingüística Tupí-Guaraní (subconjuntos IV, V, VI e VIII), cujos resultados apontam para uma maior proximidade genética do Araweté com as línguas do subconjunto V, como havia sido proposto por Rodrigues (1985), quando dados dessa língua ainda eram bastante limitados. O estudo fornece também indicações de estágios anteriores, a partir dos quais o Araweté teria se diferenciado das demais línguas do seu subconjunto.


PALAVRAS-CHAVE

Morfossintaxe. Relações genéticas. Diversificação lingüística. Modelo arbóreo. Família Lingüística Tupí-Guaraní.



ABSTRACT

This paper deals with contrastive analysis with emphasis on morphosyntactic aspects of Araweté and other representative languages of four eastern sub-sets of the Tupí-Guaraní family (sub-sets IV, V, VI and VIII). The results showed a great degree of genetic proximity of the Araweté language to languages of sub-set V, as proposed by Rodrigues (1985), when Araweté was still scarcely known. The study also offers indications of previous stages of the Araweté language history, from which it would have differentiated from the other languages of sub-set V.


KEYWORDS

Morphosyntax. Genetic relations. Family tree model. Tupí-Guaraní linguistic family.


Texto completo:

|Artigo PDF|


Direitos autorais

© Copyright 2005- Estudos da Língua(gem) - Todos os Direitos Reservados

Latindex