Relação interlocutiva entre brasileiros e imigrantes estabelecidos no brasil: implicação do domínio de uma modalidade de gênero de diálogo do cotidiano (Interlocutive relationship between Brazilians and immigrants…)

Anselmo Pereira de Lima, Maria de Lourdes Bernartt, Anaís Andrea Neis de Oliveira

Resumo


Este artigo apresenta os primeiros resultados de uma análise que visa compreender a diferença existente entre o domínio da língua em termos linguístico-gramaticais e o domínio de um determinado gênero e/ou modalidade de gênero discursivo, bem como a implicação desse domínio no processo de construção de sentido na relação interlocutiva. Amparados em particularidades teóricas de Bakhtin (2003) e Selinker (2014), com foco nas questões de contexto de produção de enunciados/discursos e na relação interlocutiva como fatores determinantes do gênero, procuramos compreender a dinâmica desse processo em uma modalidade específica de gênero discursivo: o diálogo do cotidiano entre falantes de diferentes idiomas. Durante as análises, três tipos de relações interlocutivas modalizadas por atores em diferentes papéis sociais foram identificadas nas falas dos dois voluntários entrevistados, sendo um campo fértil de análise da influência dessas relações no estabelecimento ou não de sentido entre os interlocutores. Nosso material de análise é, portanto, um corpus de texto transcrito produzido durante entrevista com dois indivíduos imigrantes estabelecidos em Francisco Beltrão – PR, Brasil. A apreciação dos dados é de cunho qualitativo e comparativo. A análise dos enunciados produzidos pelos indivíduos entrevistados nos auxilia na compreensão da teoria bakhtiniana sobre relação interlocutiva entre atores em seus papéis sociais e a implicação do domínio de um gênero discursivo como situação partilhada e fator relevante para a negociação/produção de sentido.
PALAVRAS-CHAVE: Contexto de produção. Imigrantes. Interlíngua. Negociação de sentido.

ABSTRACT
The present work shows first results from an analysis aiming to understand differences between linguistic and grammatical mastery of a language compared to the mastery of a particular speech genre and/or modality of speech genre, as well as how speech genre mastery implies in the process of meaning-production during interlocutive relationship. Relied on theoretical peculiarities from Bakhtin (2003) and Selinker (2014), focusing on issues such as speech/enunciation production and the interlocutive relationship as determinant factors for the genre, we tried to understand the dynamics of the process departing from a specific modality of speech genre namely the daily dialogue between speakers of different languages. Material analysis made us recognize in the speeches of the interviewed volunteers three types of interlocutive relationships associated to actors in different social roles as fertile ground to the study of the influence of such relations in the meaning establishment (or not) between interlocutors. Our material for the investigation is, thus, the transcription of an interview with two immigrant individuals stablished in Francisco Beltrão – PR, Brazil. Data assessment is of qualitative and comparative nature. The analysis of enunciations produced by the interviewed volunteers helped us to understand the bakhtininan theory over interlocutive relationship between actors in their social roles and the implication of the mastery of a discursive genre as a shared condition and relevant factor for meaning production and meaning negotiation.
KEYWORDS: Production context. Immigrants. Interlanguage. Meaning negotiation.


Palavras-chave


Contexto de produção. Imigrantes. Interlíngua. Negociação de sentido.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22481/10.22481/el.v16i1.4882

Direitos autorais Estudos da Língua(gem)

© Copyright 2005- Estudos da Língua(gem) - Todos os Direitos Reservados

Latindex